Marco Antonio quer espaço no Morumbi

O meia Marco Antonio discorda quando ouve dizer que o São Paulo já conseguiu três reforços - Falcão, Mineiro e Josué - para 2005. Ele acha que também faz parte desse grupo e se considera em condições de ajudar o time que o revelou. "Aprendi muito na segunda divisão e posso ser muito útil no São Paulo. Tenho certeza que vou provar isso", afirmou o jogador, que estava emprestado ao Náutico.Marco Antonio acredita na dupla que pode formar com Danilo. "Ele é canhoto e mais lento. Eu sou destro e mais rápido. Ele faz lançamentos e eu carrego mais a bola. Dá para jogar juntos, sim", avisou o meia. E também falou em cobrar faltas. "Sempre fui o cobrador oficial, em todas as categorias que disputei. Não tenho a eficiência do Rogério Ceni, mas posso ser uma opção. Até porque bato do outro lado, com mais força."O técnico Leão passa férias em Santa Catarina, mas acompanha o trabalho da diretoria do São Paulo na busca pelos reforços. Ele descartou a possibilidade da contratação do lateral-direito Anderson Lima, do São Caetano. "Não quero duas estrelas", explicou o treinador, referindo-se ao titular Cicinho.Leão também afirmou que os novos contratados Mineiro e Josué, vindos respectivamente do São Caetano e do Goiás, não estão escalados automaticamente na equipe titular, nos lugares dos jovens Renan e Alê. "Perdemos quatro jogadores para o setor e contratamos dois", afirmou o técnico, lembrando o desligamento de Ramalho, Zé Ramalho e Adriano, além da aposentadoria de César Sampaio.O treinador do São Paulo garantiu ainda não há crise com o lateral-esquerdo Júnior, com quem se desentendeu no fim do ano passado. ?Ele é um bom jogador e vai render mais esse ano. Não tem briga com ele?, revelou Leão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.