Marco Aurélio assume a Ponte Preta pela quinta vez

A Ponte Preta anunciou nesta segunda-feira a troca de comando, um dia depois da derrota por 1 a 0 para a Portuguesa, que deixou a equipe na nona colocação no Campeonato Paulista, com 16 pontos. Sérgio Soares, que assumiu o comando da equipe no início do ano, pediu demissão. Agora, acertou o retorno de Marco Aurélio. "Soares agradeceu todo o apoio que recebeu da Ponte Preta, mas entendeu que não tinha como ficar e, neste momento em que o time está se autoafirmando, precisávamos de um conhecedor profundo da Ponte Preta, alguém que tivesse grande identidade com o time e por isso trouxemos Marco Aurélio", afirmou Dicá, diretor de futebol da Ponte Preta. Esta será a quinta vez que Marco Aurélio assumirá o comando do clube campineiro. Com 105 jogos, ele é o quinto técnico que mais dirigiu o time, atrás apenas de Cilinho (345), Antonio Peixoto Filho, o Nico (254), José Duarte (245), Jair Picerni (144) e José Agnelli (127). A última passagem do treinador pela Ponte Preta foi em 2006. Naquele ano, o time foi rebaixado para a Série B. O último clube a ser dirigido pelo treinador foi o Vitória, do Espírito Santo, em 2007.A Ponte Preta chegou a ficar próxima ao G4 no Campeonato Paulista, mas vacilou nas três últimas rodadas e viu seus adversários se distanciarem. O seu próximo compromisso será contra o Noroeste, quarta-feira, em Bauru, pela 13.ª rodada.

AE, Agencia Estado

09 de março de 2009 | 16h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.