Marco Aurélio deixa o Atlético-MG

Após a derrota, de virada, por 3 a 2 para o Fortaleza, nesta quarta-feira, no Mineirão, o técnico Marco Aurélio pediu demissão e deixou o comando do Atlético-MG. De acordo com a assessoria de imprensa do clube mineiro, o treinador se reuniu com os auxiliares, ainda no vestiário do estádio, e resolveu entregar o cargo. A diretoria, conforme informou o supervisor de futebol Carlos Alberto Silva, aceitou o pedido. A diretoria agora corre contra o tempo para contratar o seu substituto. Durante a entrevista coletiva após a partida, Marco Aurélio já admitia a possibilidade de demissão. Em penúltimo lugar no Campeonato Brasileiro, com 33 pontos, o time mineiro está seriamente ameaçado de rebaixamento.

Agencia Estado,

27 de outubro de 2005 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.