Marcos aposta que nova 'casa' irá ajudar o time do Palmeiras no futuro

'Jogar na própria casa é diferente, traz outro ânimo', diz o ex-goleiro, uma das grandes estrelas do jogo de despedida de Ademir da Guia

CIRO CAMPOS, O Estado de S. Paulo

25 de outubro de 2014 | 14h17

O Palmeiras aguarda os ajustes finais da obra do Allianz Parque para poder voltar a atuar em seu estádio depois de quatro anos, e neste sábado um dos maiores ídolos do clube, o ex-goleiro Marcos, disse que retornar à antiga casa deve ajudar o time a conquistar melhores resultados.

"Certamente no futuro o estádio vai contribuir para a equipe. Jogar na própria casa é diferente, traz outro ânimo. No ano que vem o Palmeiras vai jogar mais vezes aqui e deve se dar bem", disse o ex-goleiro. Marcos participou neste sábado de um evento teste no Allianz Parque que reuniu ex-jogadores da equipe para a despedida oficial de Ademir da Guia. Cerca de 10 mil convidados estiveram presentes.

Inclusive foi Ademir da Guia quem fez o primeiro gol, marcado de pênalti sobre Marcos. "Levar gol de craque não me incomoda. Só acho ruim tomar gol de quem é ruim de bola. O importante foi a festa", disse. Além da dupla, o jogo teve a presença de ídolos palmeirenses como Leivinha, Evair e César Sampaio.

O Palmeiras deve fazer o primeiro jogo oficial no local no dia 8 de novembro, contra o Atlético-MG, pelo Brasileirão. "Agora, em 2014, o time vai jogar poucas vezes aqui e por isso o estádio nem deve fazer muita diferença. Para 2015, devemos ficar mais fortes aqui", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasAllianz ParqueMarcos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.