Ayrton Vignola/Estadão
Ayrton Vignola/Estadão

Marcos Assunção entra na Justiça contra o Palmeiras

Segundo empresário, diretoria palmeirense não deu previsão de quando poderia fazer pagamento

CIRO CAMPOS, Agência Estado

27 de agosto de 2013 | 15h08

SÃO PAULO - O volante Marcos Assunção, atualmente no Santos, entrou na Justiça contra o seu ex-clube, o Palmeiras, para tentar reaver direitos de imagem que ele alega não ter sido pagos pelo time. O jogador atuou entre 2010 e 2012 no Palmeiras, marcou 35 gols em 145 partidas e conquistou o título da Copa do Brasil do ano passado.

Segundo o empresário do jogador, Ely Coimbra Filho, a diretoria palmeirense foi procurada várias vezes para tentar resolver a pendência, mas nunca deu previsão de quando poderia fazer o pagamento. "Esse problema teve que ser levado para a justiça mesmo contra a nossa vontade. Nossa paciência já foi suficiente. É uma dívida com um camarada que deu tudo para o clube e chegou até mesmo a jogar machucado", disse ele, que afirmou não poder revelar os valores envolvidos.

Marcos Assunção, de 37 anos, transferiu-se para o clube da Vila Belmiro no começo deste ano após uma despedida emocionada do Palmeiras. De volta ao time em que teve outras duas passagens na década de 1990 (1995-1997 e 1998-1999), o jogador tão tem recebido muitas oportunidades na equipe do técnico Claudinei Oliveira.

O departamento jurídico do Palmeiras foi procurado e pela assessoria de imprensa informou que não comentaria o caso. Recentemente o presidente do clube, Paulo Nobre, admitiu que deve dois meses de direitos de imagem para jogadores do elenco atual.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasMarcos Assunção

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.