Marcos Assunção faz 36 anos e celebra ápice da carreira

Marcos Assunção está completando 36 anos nesta quarta-feira. E, apesar de reconhecer que teve passagens destacadas por outros clubes, como o Bétis, ele admitiu que a maturidade aprimorou o seu futebol. Satisfeito com o bom desempenho no Palmeiras, ele assegurou que vive hoje um dos melhores momentos de sua carreira.

AE, Agência Estado

25 de julho de 2012 | 12h25

"Desde que cheguei ao Palmeiras, tenho procurado honrar com todos os meus compromissos, participei da grande maioria dos jogos", afirmou o volante. "Tive uma grande fase no Bétis, mas esta é certamente uma das melhores da minha carreira".

Desde que chegou ao Palmeiras em 2010, Assunção disputou 130 partidas, marcou 29 gols e se tornou um dos principais jogadores do elenco. Teve, por fim, a boa fase coroada com o título da Copa do Brasil. "Esses meus 36 anos certamente serão lembrados para sempre, pois o título da Copa do Brasil era tudo o que eu mais queria na vida. Não apenas no aspecto profissional, mas por tudo o que o Palmeiras fez para mim", celebrou.

Apesar do bom momento, o experiente volante reconheceu: o passar dos anos trouxe também alguns empecilhos. "É claro que as dores surgem com mais frequência, mas meu momento é especial", brincou. Em recuperação de uma tendinite no joelho, Assunção está fora da partida contra o Bahia, nesta quinta-feira, pelo Campeonato Brasileiro.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasMarcos Assunção

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.