Marcos Aurélio chega, mas Santos espera liberação da CBF

Marcos Aurélio, o único reforço para o ataque, se apresentou na tarde desta quinta-feira, no Centro de Treinamentos Rei Pelé, e correu em campo comDenis, Pedrinho, Fábio Costa e Vinicius. Mas, pelo jeito, Vanderlei Luxemburgo vai ter esperar muito para poder escalar o substituto de Reinaldo porque o Atlético-PR promete impedir que o Santos registre o contrato do meia na Confederação Brasileira de Futebol. O diretor jurídico do clube paranaense, Marcos Malucelli, afirma que há um impedimento legal."Valed Perry (advogado da CBF) me disse que o seu parecer é pela devolução do documento à Federação Paulista de Futebol", afirmou Malucelli. Segundo o diretor, o Atlético-PR obteve na 11ª. Vara do Trabalho de Curitiba, no dia 14 de dezembro, uma antecipação de tutela, assegurando o seu direito de renovar o contrato do jogador, com uma cláusula estipulando em R$ 6,5 milhões a multa rescisória. Além de ter depositado em juízo a primeira das quatro parcelas, de R$ 112.500,00, ao Bragantino.O presidente santista, Marcelo Teixeira, não vê possibilidade de a contratação se transformar numa novela. "O contrato foi analisado e aprovado pelo departamento jurídico da FPF e da CBF e recebeu pareceres favoráveis", disse o dirigente, ao anunciar a contratação de Marcos Aurélio.Luxemburgo, que nesta quinta deu a primeira entrevista de 2007, elogiou o reforço, dizendo que é um jogador veloz, que faz gols e que se encaixano perfil do time. Mas, admitiu que ainda não sabe quando poderá contar com ele. "Marcos Aurélio já decidiu que não quer mais jogar no Atlético-PR e que escolheu o Santos. O seu contrato foi mandado para FPF e o registro não saiu no BID (boletim diário de registro de jogadores pela CBF) porque há uma discussão de ordem jurídica. Vamos ter que esperar a decisão do juiz."No dia 19, o Tribunal Regional do Trabalho deve julgar o mérito da ação em que o Atlético-PR pede o direito de continuar com o meia. Antes do treino da tarde desta sexta-feira, serão apresentados o volante Vinicius, que jogou pelo Avaí-SC, no ano passado, e o lateral-direito Pedro (ex-Palmeiras e Acadêmica de Coimbra) - eles são mais dois jogadores vinculados ao Iraty-PR.Dos dois, Pedro é o que mais vem se destacando, apesar de aparentar estar acima do peso. No jogo-treino com o São José, ele mostrou firmeza na marcação e ainda apareceu bem no ataque.Caso FelipeSegunda-feira, às 18 horas, a 1ª. Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) vai julgar o goleiro Felipe, denunciado no artigo 244 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva em razão do resultadopositivo do seu exame antidoping do jogo contra o Grêmio.O jogador pode ser suspenso de 120 a 360 dias, mas o jurídico do clube acredita na sua absolvição. A substância encontrada na urina do atleta chama-se hidroclorotiazida, diurética que aparece em medicamentos para coração, fígado ou rins. Segundo o médico santista, Carlos Braga, o goleiro deve ter usado um remédio para dor de cabeça.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.