AP
AP

Marcos avisa: 'Temos condições de levar a vaga no Uruguai'

Para garantir a vaga nas quartas de final, Palmeiras precisará vencer ou empatar por mais de dois gols

29 de maio de 2009 | 00h39

Os jogadores do Palmeiras possuem a mesma opinião. É possível reverter a vantagem diante do Nacional lá no Uruguai, no jogo de volta das quartas de final da Copa Libertadores. Para o goleiro Marcos, o time alviverde apresenta um futebol melhor na casa do adversário do que no Palestra Itália.

 

Veja também:

link Palmeiras empata com Nacional por 1 a 1 em jogo complicado

especialMais informações no canal especial da Libertadores

som Ouça os gols na Eldorado/ESPN - Palmeiras 1 x 0; Palmeiras 1 x 1;

tabela Copa Libertadores - Classificação e Calendário 

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

 

Na partida desta quarta-feira, Palmeiras e Nacional ficaram no 1 a 1. Para avançar, o alviverde precisará vencer ou empatar por mais de dois gols. "E a gente tem condição de fazer gol na casa deles", afirma o goleiro Marcos. "A gente sai triste com o empate, mas o Palmeiras já provou que pode ganhar fora."

 

"As vezes, nosso time joga melhor fora de casa", continuou Marcos. "Porque fora, o adversário vem para cima."

 

O espelho do Palmeiras para o jogo de volta, no dia 17 de junho, é a partida contra o Colo Colo, no Chile. O time precisava ganhar e venceu com um gol de Cleiton Xavier nos minutos finais. "É a mesma história", explica Vanderlei Luxemburgo. "A Libertadores ainda não acabou, e já tem gente que está nos eliminando."

Tudo o que sabemos sobre:
Copa LibertadoresPalmeirasMarcos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.