Isabel Cutileiro e Tânia Paulo / SL Benfica
Isabel Cutileiro e Tânia Paulo / SL Benfica

Braz busca técnico para o Flamengo em Portugal e avalia Jesus: 'Se tiver chance, quero contratá-lo'

Vice-presidente de futebol afirma que clube busca outros treinadores, mas pode investir no 'Mister' caso haja oportunidade

Redação, Estadão Conteúdo

21 de dezembro de 2021 | 12h43

O Flamengo mandou Marcos Braz, vice-presidente de futebol, e Bruno Spindel, diretor executivo, para Portugal na tentativa de fechar o quanto antes com o treinador para a temporada 2022. Porém, Jorge Jesus, atualmente no Benfica, é um dos principais alvos rubro-negros e Braz falou sobre o assunto. Em entrevista ao jornal português O Jogo, nesta terça-feira, disse, na verdade, estar interessado em outros técnicos. Contudo, admitiu que, caso tenha oportunidade, irá investir no "Mister", como é carinhosamente chamado pela torcida.

"(Jorge Jesus) Não é um sonho, o meu sonho é levar um técnico que possa ter os mesmos grandes resultados que o Jorge teve. Quero um técnico português com uma equipe (comissão técnica) robusta e não vale a pena insistir em perguntar pelo Jorge Jesus, pois eu não vim aqui para contratá-lo. Mas, se for possível, se tiver uma chance, vou tentar e quero contratá-lo também", afirmou Braz, antes de prosseguir:

"Eu vim atrás de um projeto iniciado em 2019. Sempre acreditei na potência da escola de técnicos portugueses. A primeira vez que um grande técnico foi treinar um grande clube no Brasil, foi conosco. Depois veio o Palmeiras, o Santos... Mas nós é que abrimos um caminho", justificou.

O vice-presidente do Flamengo, no entanto, contou que ainda não se reuniu com Jorge Jesus. Porém, já tomou um "cafezinho" com Bruno Macedo, empresário do técnico e também de Carlos Carvalhal, do Braga, outro alvo rubro-negro. Braz e Spindel não intensificaram nenhuma negociação, mas estão prestes a definir o alvo central, pois o clube carioca tem o interesse de fechar com um novo comandante antes do Natal.

"Tenho viagem (de volta) marcada para dia 23 e, se tiver as coisas resolvidas, volto para o Brasil. De certeza que levarei para o Flamengo um treinador e uma equipa técnica portugueses para que possamos desenvolver um excelente trabalho no Brasil como fez o Jorge Jesus e o Abel Ferreira. Não direi para não atrapalhar as possíveis negociações que estiverem em curso", acrescentou.

Além de Jorge Jesus e Carlos Carvalhal, Paulo Sousa, Rui Vitória, Paulo Fonseca e Vitor Pereira também são especulados no Flamengo. No entanto, como as conversas ainda estão em andamento, não é possível projetar qual será o próximo comandante do clube carioca.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.