Alex Silva/AE
Alex Silva/AE

Marcos critica companheiros por gol olímpico sofrido

'Pergunta pro Wendel e pro Robert o que aconteceu', diz o goleiro após a derrota para o Flamengo em casa

AE, Agência Estado

18 de outubro de 2009 | 19h33

Marcos deixou o gramado do Palestra Itália revoltado. Tanto pela derrota do Palmeiras quanto pela maneira como levou o segundo gol. "Pergunta pro Wendel e pro Robert o que aconteceu", respondeu, nervoso, o capitão palmeirense, ao ser questionado pelo gol olímpico de Petkovic.

 

Veja também:

linkPetkovic acaba com o Palmeiras dentro do Palestra Itália

forum Bate-Pronto: Alguém quer ganhar o Brasileiro?

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

O goleiro explicou o que deveria ter ocorrido na cobrança de escanteio. "O Palmeiras tinha dois jogadores para tirar a bola, o Robert e o Wendel. Mas o pessoal acredita que no gol tem São Marcos, tem Santo Antônio... Foi uma falha absurda! Os dois furaram e acabaram comigo".

Ele ainda lembrou que a jogada foi exaustivamente trabalhada. "A gente treina muito durante a semana. Chega a ser estressante, mas estávamos levando muito gol de bola parada. Só que aí vem uma bola rasteira e todo mundo fura. Não tem o que fazer". O capitão ainda deu uma última cutucada na equipe. "Personalidade é algo que não se treina".

O atacante Robert colocou panos quentes na questão. "Prefiro não falar do gol. Só acho que o time não jogou bem". O técnico Muricy Ramalho também não quis polemizar. "Vivemos em uma democracia. O Marcos tem o direito de falar e eu tenho de respeitar".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.