Marcos desabafa: "foi péssimo"

O goleiro Marcos afirmou, há algum tempo, que não falaria mais após tropeços do Palmeiras, porque suas declarações repercutiam mal no elenco. Neste domingo, porém, não conseguiu segurar e, abatido, desabafou: ?O Palmeiras esqueceu do que precisava. Faltou competência, jogar quase os dois tempos inteiros com um jogador a mais e não conseguir a vitória...?, disse. . ?O Tevez e o Nilmar, sozinhos aqui na frente, deram mais trabalho que o time do Palmeiras inteiro. A gente não ganhou e não fez por merecer.?Marcos teve razão. Foi exigido a boas defesas da dupla de ataque corintiana, principalmente de Tevez, a quem Leão, a toda hora, pedia para os palmeirenses não ter medo de marcar.Apesar da diferença para o líder do campeonato continuar em dez pontos, o goleiro ainda não jogou a toalha. ?Enquanto tivermos chances matemáticas temos de seguir buscando o título. Nada de ficar pensando apenas na classificação para o Libertadores.?Juninho seguiu o raciocínio do goleiro. ?O Palmeiras ainda está na briga, mas esta ficando muito difícil.? Ontem, o meia correu, gritou, armou e teve duas ótimas chances para marcar que exigiram grandes defesas de Fábio Costa. ?Não soubemos ganhar a partida. Nosso time tentava muitos cruzamentos na área, mas o Corinthians tem uma zaga alta pelo meio e conseguiram neutralizar nossas jogadas?, explicou. Sobre a bela defesa no fim da partida, na qual o rival vibrou muito, não quis polêmica. ?Aquele não foi o lance do jogo. Mas o Fábio Costa fez um grande trabalho.?Leão se recusou a comentar sobre a arbitragem, mas desdenhou a competição. ?Para mim, já está tudo manchado. O Fluminense só nos passou porque fez um jogo extra.?

Agencia Estado,

16 de outubro de 2005 | 20h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.