Marcos diz que está em paz com Leão

O goleiro Marcos tratou de limpar sua barra com Emerson Leão, ao afirmar nesta quarta-feira que seu afastamento nada tem a ver com qualquer desentendimento com o novo treinador do Palmeiras. Em entrevista à TV Gazeta, ele disse estar tranqüilo e do mesmo lado do técnico."Não tenho nada contra o Leão e nem estou aqui para atrapalhar o seu trabalho. Nós não brigamos ainda. Tivemos uma conversa e ele me disse para eu cuidar do problema da minha mão", contou Marcos, afastado do time por causa da dores que voltou a sentir no punho esquerdo.O goleiro falou ainda sobre a coincidência de ter sido afastado justamente no primeiro dia de trabalho de Leão no clube. "Se paro antes do jogo com o Corinthians, dizem que estou amarelando. Se paro antes de enfrentar o Fortaleza, dizem que estava querendo derrubar o Bonamigo. Isso é o que as pessoas acham. Sempre vai haver alguma polêmica", defendeu-se Marcos. "Não estou aqui para atrapalhar o Leão."Sobre a demissão do amigo Zé Mário, o ex-preparador de goleiros, Marcos admitiu ter ficado chateado. "Mas no futebol temos de passar por cima dessas coisas", conformou-se.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.