Marcos diz que joga na estréia do Paulista

Marcos enfrentou a saia justa de ter de explicar seu acidente de moto durante as férias com bom humor. ?Calma gente, que a matéria chegou?, disse o jogador. A descontração só diminuiu um pouco na hora das fotos, quando levantou a camisa para mostrar o quadril ralado ?Acho que todo mundo vai gostar dessa foto... menos o presidente?, comentou o goleiro. ?Tava pianinho e cheguei arrebentando.? Marcos contou que sofreu o acidente em Oriente na véspera de Natal, ao derrapar em uma curva de baixa velocidade próximo a seu sítio. ?Tenho moto há quatro anos, mas nunca a uso durante a temporada, só nas férias e lá na minha cidade. Seria loucura andar aqui em São Paulo?, disse o jogador que não considerou sua atitude um erro. ?Poderia ter acontecido se estivesse de bicicleta. Tem gente que anda de jet ski, cavalo e ninguém fala nada.? Ao mesmo tempo em que não se sente culpado ? até porque seu contrato só restringe prática de esportes radicais ? Marcos também afirma que o Palmeiras não deve ser prejudicado pelo episódio. ?O clube não tem responsabilidade pelo que aconteceu e até por isso acho justo se não receber pelos dias em que não estou trabalhando.? O jogador disse que os ferimentos não atrapalham seus trabalhos de fortalecimento muscular previstos para a pré-temporada e acredita que vai atuar na estréia do Palmeiras no Campeonato Paulista. Marcos disse que o episódio acabou com suas férias. ?Tomei dura do pai, da mãe e todo mundo que tinha direito. Além disso não pude participar das partidas para arrecadar fundos na minha cidade e, por causa dos remédios para infecção (as feridas inflamaram dois dias depois), não podia beber.? O goleiro Sérgio, que também voltou das férias contundido, recebeu uma má notícia: terá de ser operado para corrigir a contusão no menisco do joelho esquerdo.

Agencia Estado,

08 de janeiro de 2004 | 19h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.