Marcos é suspenso por um jogo e está livre para jogar

Goleiro conta com depoimento de jogador do Bragantino para escapar de punição no Paulistão

Agência Estado,

17 de março de 2008 | 18h56

O goleiro Marcos foi suspenso, nesta segunda-feira, por apenas um jogo pelo Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD/SP) pela expulsão na partida entre Bragantino e Palmeiras. Como já cumpriu a pena, o jogador poderá enfrentar o Paulista, em Jundiaí, no próximo sábado.Veja também: Após goleada, Palmeiras quer liderança do Paulistão Confira as chances de classificação dos clubes no Paulistão Marcos, que seria julgado pelo artigo 253 - praticar agressão - do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), teve a infração desclassificada para o artigo 250 - atitude desleal ou inconveniente, que prevê a suspensão por um a três jogos. O goleiro, portanto, recebeu a pena mínima . O atacante Malaquias, do Bragantino, prestou depoimento a favor do experiente jogador.Ainda no primeiro tempo da partida com o Bragantino, realizada em 9 de março, o goleiro se chocou com o atacante Malaquias, reclamou que foi agredido e, em seguida, deu um leve chute no adversário. O árbitro Paulo César de Oliveira marcou pênalti e puniu o palmeirense com o cartão vermelho.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasTJD-SPPaulistão A-1Marcos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.