Marcos ficará afastado por pelo menos 10 dias

Marcos ficará afastado dos jogos do Palmeiras por pelo menos dez dias. A previsão é do médico da Seleção Brasileira, José Luís Runco, que decidiu pelo corte do goleiro, ontem, em Teresópolis. Julio César, do Flamengo, foi convocado, se apresenta hoje de manhã na Granja Comary e segue à tarde com a Seleção para Belo Horizonte."Conversei com o doutor Runco e decidimos que era melhor eu deixar a Seleção porque não poderia ajudar em nada nos treinos", disse Marcos, que se machucou nos treinamentos de sábado ao levar no punho esquerdo uma bolada de um chute de Cafu.Neste domingo, Marcos ficou fazendo tratamento na Granja Comary e nesta segunda-feira retorna a São Paulo. O goleiro disse que não passa por má fase nem falta de sorte. "Nos últimos 20 jogos pelo Palmeiras, falhei apenas em três. Sou um campeão do mundo e por isso sou tão cobrado. Talvez se jogasse fora do País, as cobranças seriam bem menores." Antes de ser examinado por Runco, Marcos estava preocupado. Temia que o traumatismo pudesse o afastar por um longo tempo da bola. Só voltou ao normal depois de ouvir de Runco que a contusão não era grave."Pensei que tinha sido em cima do punho onde eu operei. Tenho alguns movimentos limitados desde a cirurgia. Depois do chute do Cafu, a minha mão ficou paralizada. Achei que não ia mexer mais. Depois fiz o tratamento e fiquei tranqüilo. Não foi nada grave", disse o goleiro.Carlos Alberto Parreira garantiu neste domingo que Marcos continua nos planos da Seleção. "Contamos com ele. Quando se recuperar, volta."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.