Rubens Chiri|São Paulo FC
Rubens Chiri|São Paulo FC

Marcos Guilherme é apresentado como opção de velocidade de Dorival

Atacante revelado pelo Atlético-PR aguarda regularização da documentação para estrear pelo São Paulo

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

26 de julho de 2017 | 15h46

O técnico Dorival Junior tentou contratar o atacante Marcos Guilherme no início do ano, quando era treinador do Santos. Não deu certo. Agora, no início do segundo semestre, o treinador consegue finalmente contratar o jogador, que foi apresentado oficialmente na tarde desta quarta-feira, no CT da Barra Funda.

O atacante, que surgiu como uma das gratas revelações do futebol brasileiro em 2014 no Atlético-PR, afirma que ainda não conversou com o treinador. “Não tivemos tempo de ter essa conversa. Sou jogador de velocidade, gosto de jogar pelos lados do campo. Onde ele pretender me usar, estarei à disposiçaõ", afirmou o reforço do São Paulo. 

Para poder jogar no final de semana, Marcos Guilherme ainda precisa ter o nome publicado no BID da CBF. O prazo final é sexta-feira, às 19 horas. “Fisicamente, estou bem. Fiz pré-temporada. Preciso de um tempo para me readaptar, treinar e pegar um pouco mais de força. Se ele precisar, estou à disposição”, disse Marcos Guilherme.

Depois de se firmar na equipe principal do Atlético-PR, Marcous Guilherme tornou-se um dos atletas mais jovens a vestir a camisa 10 do clube. Com velocidade, o atacante ganhou destaque e acumulou convocações para as equipes de base da seleção brasileira.

Foi o artilheiro do Brasil no Sul-Americano Sub-20 com quatro gols. As boas atuações renderam ao jogador a oportunidade de disputar o Mundial da categoria, em 2015, quando o time brasileiro ficou com o vice-campeonato. Sua regularidade despertou o interesse do futebol europeu e no início de 2017 acertou a transferência para o Dinamo Zagreb, da Croácia.

“Foi um período satisfatório. Cresci muito como pessoa e como jogador. Foram somente seis meses, mas cresci como jogador. Estou chegando mais maduro e preparado para esse desafio”, disse o atleta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.