Ricardo Nogueira/Divulgação MG
Ricardo Nogueira/Divulgação MG

Marcos Guilherme lamenta 'erros' em negociação de São Paulo e Atlético-PR

Jogador não joga mais pela equipe do Morumbi

Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

04 Junho 2018 | 17h11

De saída do São Paulo, onde atuou desde junho do ano passado, o atacante Marcos Guilherme, que retorna para o Atlético-PR, reconheceu que "erros" na negociação entre os clubes custaram sua saída do Morumbi agora em junho. Havia um acordo verbal de que o jogador ficaria no Morumbi até o fim do ano, mas este detalhe não estava no contrato assinado.

Hudson é dúvida e Aguirre pensa em solução para ausência de Nenê contra o Inter

"Desde o início. Sempre procurei saber e estar ciente de tudo. Acho que ocorreu um erro na negociação, quem errou sabe. Mas é uma questão financeira de Atlético-PR e São Paulo, o Atlético não aceitou as condições que o São Paulo ofereceu", disse o jogador, em entrevista ao Uol.

O São Paulo tinha Marcos Guilherme emprestado e ofereceu 2 milhões de euros por 50% de seus direitos. Mas o Atlético-PR queria 3,5 milhões de euros pelo atleta. As negociações não avançaram e, então, o jogador fez sua última partida pelo São Paulo no clássico com o Palmeiras, sábado.

Nas redes sociais, o jogador pede que a torcida poupe a diretoria tricolor por sua saída. "Não condenem o São Paulo por eu não ter ficado. Eles tentaram de tudo. Vou estar longe, mas continuarei acompanhando e torcendo."

 

O jogador diz ter vivo o melhor ano de sua carreira no São Paulo. "Desde que cheguei, disse que sempre foi meu grande sonho estar neste clube. Infelizmente, durou só um ano, mas foi intenso. Vou voltar. Tenho certeza que não é um adeus."

Mais conteúdo sobre:
São Paulo Futebol Clube

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.