Marcos lamenta mau retorno e pede paciência à torcida

Depois de 331 dias fora, goleiro do Palmeiras falha no segundo gol e vê Guaratinguetá vencer por 3 a 0

07 de fevereiro de 2008 | 00h27

As três bolas que foram no gol do Palmeiras entraram, nesta quarta-feira. Definitivamente, não foi o retorno que Marcos sonhava. "Fiquei quase um ano parado e isso faz diferença, claro. Peço para a torcida ter paciência comigo", disse o goleiro. Veja também: Palmeiras perde para o Guaratinguetá por 3 a 0 no Paulistão Foram 331 dias sem jogar, por causa de duas fraturas consecutivas no antebraço esquerdo. A falta de ritmo de jogo pesou bastante, principalmente no segundo gol do Guaratinguetá, marcado por Alê, de falta. "Bola no canto do goleiro é responsabilidade do goleiro. Não vou fugir disso. Mas quando eu me preparei para pular, o meu pé afundou no buraco e eu escorreguei." Marcos concordou com as vaias ao final da derrota. "Não estou dando desculpas para a torcida, tem que cobrar mesmo. Mas foram muitos jogadores contratados e leva tempo até montar um time. Temos que continuar trabalhando. Todos têm de se doar mais nos treinos pra ver se acerta logo." De cabeça quente, o meia Valdivia quase provocou uma confusão após o jogo. Ele ia para o vestiário quando um funcionário do controle de dopagem o puxou pela camisa, para que pudesse acompanhá-lo. O chileno não gostou e partiu para cima do funcionário. Alguns jogadores do Guaratinguetá chegaram a incitar a briga, mas a turma do "deixa disso" contornou a situação. O périplo do Palmeiras pelo interior continua. Sábado, o time enfrenta o Guarani, também em São José do Rio Preto. O jogo seguinte será contra o Juventus, dia 16, em Ribeirão Preto - o mando de campo é do clube da Mooca. O primeiro jogo do Palmeiras na capital, este ano, está previsto só para o dia 23, contra o Rio Preto, já no reformado Palestra Itália.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasMarcos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.