Marcos: "Não salvo sozinho"

Apontado como principal responsável pela classificação do Palmeiras para a semifinal, Marcos afastou a conotação de salvador da pátria. O jogador, que apesar dos desfalques de sua equipe não considera o Corinthians favorito na semifinal, pediu que todos assumam igualmente suas responsabilidades neste momento decisivo. ?Ninguém brilha sozinho em lugar nenhum. Muito menos em um time de futebol. Se alguém imagina que tenho a responsabilidade de parar sozinho o ataque adversário, está muito enganado. Essa não é a função do goleiro, até porque em uma disputa com o atacante sempre terá dificuldades para levar vantagem?.Leia mais no Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.