Vitor Silva/SSPress/Botafogo
Vitor Silva/SSPress/Botafogo

Marcos Paquetá diz que fará poucas mudanças no Botafogo: 'Vamos manter o padrão'

Seu primeiro jogo oficial no comando da equipe será diante do Corinthians, na Arena Corinthians, nesta quarta

Estadão Conteúdo

17 de julho de 2018 | 17h58

O técnico Marcos Paquetá afirmou nesta terça-feira que fará poucas mudanças em seu primeiro jogo oficial no comando do Botafogo diante do Corinthians, na Arena Corinthians, em São Paulo, nesta quarta, às 21h45, pela 13.ª rodada do Campeonato Brasileiro. A ideia do treinador é manter a estrutura de jogo construída por seu antecessor Alberto Valentim.

+ Lindoso evita apontar parceiro ideal no meio-campo do Botafogo

"Vamos tentar manter o padrão. Com uma parada, cada jogador volta de uma maneira. A gente está buscando a melhor escalação e ter equilíbrio. Temos grandes chances de fazer um bom jogo, dando tranquilidade ao atleta para jogar", disse em entrevista coletiva.

Apesar da experiência acumulada na carreira, especialmente no Oriente Médio, onde treinou equipes da Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Catar e Iraque, Marcos Paquetá admitiu que está ansioso pela partida em que estreará no comando botafoguense após três semanas de trabalho.

"Essas coisas de nunca venceu lá (o Botafogo jogou três vezes na Arena Corinthians, tem um empate e duas derrotas) não influenciam na minha cabeça. Brasileiro tem jogos difíceis. Frio na barriga e ansiedade todo mundo tem", reconheceu o técnico.

Marcos Paquetá chegou a dizer em outras coletivas que o Botafogo, hoje nono colocado, com 17 pontos, almeja o título da competição nacional. Nesta terça-feira, ele afirmou que a meta da equipe é conquistar uma vaga na Copa Libertadores. "Nosso objetivo é jogar jogo a jogo. A meta é ficar na zona de classificação para a Libertadores. Você tem que trabalhar o mental, físico e o tático dia após dia", concluiu.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoMarcos Paquetá

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.