Cesar Greci/Ag. Palmeiras
Cesar Greci/Ag. Palmeiras

Marcos Rocha afirma que Palmeiras lutará para complicar o São Paulo

Para lateral, time tem que aproveitar fase ruim do rival para conquistar vitória pelo Estadual

Redação, O Estado de S. Paulo

14 de março de 2019 | 16h23

O lateral-direito Marcos Rocha, do Palmeiras, disse nesta quinta-feira que a chance de enfrentar o São Paulo e poder complicar o rival no Campeonato Paulista motiva o time para o clássico de sábado, no Pacaembu. Para o jogador, é mais adequado já derrotar a equipe do Morumbi neste momento da competição do que deixá-la avançar para a fase final.

"Se você tem a chance de eliminar um time grande como o São Paulo, tem que fazer. Não pode dar asa para cobra, porque ela voa e te pica", comentou o jogador em entrevista coletiva na Academia de Futebol. O São Paulo está na segunda posição do grupo D e pode ser ultrapassado pelo Oeste em caso de derrota. Já o Palmeiras, lidera o grupo B e vai garantir vaga nas quartas de final se vencer.

Marcos Rocha explicou que o Palmeiras tem de explorar a má fase do São Paulo. "O Palmeiras vive um bom momento, principalmente depois da Libertadores. Já o São Paulo trocou de técnico e está mudando o elenco. Então, temos que aproveitar a instabilidade do adversário, mas respeitando a grandeza do time", disse o lateral. "É importante aproveitar o momento e tentar dificultar a vida do adversário", acrescentou.

O Palmeiras encerra a preparação para o clássico com um treino na manhã desta sexta-feira na Academia de Futebol. Depois de enfrentar o São Paulo, o time alviverde vai encerrar a participação na fase de grupos do Estadual ao receber a Ponte Preta, na quarta-feira, no Allianz Parque.

Para Entender

Guia do Paulistão 2019: tudo o que você precisa saber sobre a competição

Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo vão iniciar competição com menos de três semanas de pré-temporada

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.