Cesar Grecio/Ag. Palmeiras
Cesar Grecio/Ag. Palmeiras

Marcos Rocha diz que evita provocações antes de clássico de domingo

Lateral do Palmeiras cobra foco no clássico com o Corinthians e pede para elenco deixar de lado declarações polêmicas

O Estado de S. Paulo

05 de abril de 2018 | 19h40

O lateral-direito Marcos Rocha, do Palmeiras, revelou nesta quinta-feira uma estratégia diferente do time nesta semana de final de Campeonato Paulista. Até enfrentar o Corinthians, no domingo, no Allianz Parque, o elenco tem se cuidado para não provocar o rival nas entrevistas e causar polêmicas depois de ter vencido o jogo de ida, fora de casa, por 1 a 0.

+ Andrés culpa MP por mudar treino

+ Marcelo Aparecido de Souza apitará final

"Desde o primeiro jogo a tente pede para ter tranquilidade, não ter provocação para terminar com todos jogadores de linha. A gente pede para não provocar, ter tranquilidade para continuar com o trabalho que vem sendo feito", disse o jogador em entrevista coletiva. "Todo o nosso trabalho durante o Paulista, chegamos às finais, é uma semana onde temos que conter a ansiedade. Estamos tranquilos, com os pés no chão", completou.

A equipe treinou na tarde desta quinta-feira com uma formação modificada. O técnico Roger Machado poupou os possíveis titulares Moisés, Dudu e Borja, que ficar na parte interna da Academia de Futebol, mas devem ir a campo para o trabalho desta sexta. A atividade será a principal antes da decisão e quando o treinador vai ajustar a parte tática.

"Eu gosto de brincar, mas quero entender primeiro como é o ambiente dos clássicos aqui para que não aconteça nenhum tipo de cobrança excessiva dos torcedores. Algumas pessoas não conseguem entender brincadeiras sadias, então fico mais na minha, mas prometo voltar a brincar no futuro", disse o lateral Marcos Rocha.

TREINO ABERTO

O Palmeiras anunciou nesta quinta-feira o processo de retirada de ingressos para o treino aberto à torcida, sábado de manhã, no Allianz Parque. O público terá de trocar 1 kg de alimentos como arroz, feijão ou macarrão ou 1 litro de leite ou óleo pelo ingresso durante toda a sexta-feira, com o limite de duas entradas para cada pessoa.

Os alimentos serão trocados nesta sexta-feira, das 9h às 20h, nas bilheterias da Rua Padre Antônio Tomás e da Avenida Francisco Matarazzo. Se as entradas não se esgotarem, haverá troca no sábado das 8h às 10h, quando o trabalho iniciará. Apenas o setor inferior da arena será aberto para receber o público.

No sábado, os portões do Allianz Parque vão abrir para os torcedores às 9h. Será a primeira vez na história que a nova arena alviverde receberá um treino do time com a presença do público. A final do Campeonato Paulista será no domingo à tarde, contra o Corinthians.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.