Marcos Senna admite tensão e festeja boa atuação na estréia

O volante brasileiro Marcos Senna, que atuou como titular da seleção espanhola durante os 90 minutos da goleada por 4 a 0 sobre a Ucrânia, admitiu que entrou em campo bastante nervoso. ?Logo passou, depois que dei meus primeiros passes. Quando vi que estava tudo bem, me acalmei?, afirmou o ex-jogador de Corinthians e São Caetano, que hoje defende o Villarreal e estreou neste ano na equipe.Marcos Senna contou que só ficou sabendo que seria titular dois dias antes da partida, e, da mesma forma que os demais jogadores e o técnico Luís Aragonés, disse que é preciso evitar a euforia exagerada. ?O importante era começar bem, e isso nós fizemos. Agora, precisamos controlar nossa ansiedade para vencer a Tunísia?, afirmou, em referência ao confronto de segunda-feira, em Stuttgart, contra a Arábia Saudita.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.