Marcos só definirá futuro no Palmeiras após as férias

O Palmeiras anunciou nesta terça-feira que Marcos vai se reapresentar normalmente com o restante do elenco alviverde em 4 de janeiro de 2012, quando terá início a pré-temporada da equipe paulista. Apesar disso, não há ainda uma definição a respeito do futuro do goleiro, que pretendia se aposentar ao fim deste ano. Porém, para não encerrar a carreira sem conseguir jogar, ele pode ainda atuar no Paulistão.

AE, Agência Estado

13 de dezembro de 2011 | 15h19

O contrato entre Marcos e Palmeiras vai até o final deste ano. O goleiro pretende jogar pelo menos mais uma partida oficial antes de sua despedida dos gramados e, para tanto, já afirmou que aceitaria até mesmo um contrato por salário simbólico. A diretoria chegou a sugerir que ele participasse do amistoso contra o Ajax, marcado para o dia 14 de janeiro, no Pacaembu, mas ele sonha em se despedir em um jogo oficial.

De acordo com o Palmeiras, a decisão pela reapresentação de Marcos mesmo sem que se tenha definido o seu futuro foi tomada em una reunião logo após o término do Brasileirão, da qual participaram também o gerente de futebol César Sampaio e o vice-presidente de futebol Roberto Frizzo. Ainda segundo o clube, a discussão com relação ao futuro do goleiro só se dará ao fim das férias.

Marcos tem dores crônicas nos joelhos e, por isso, ficou de fora das 14 últimas rodadas do Brasileirão. Seu último jogo foi no dia 17 de setembro, no empate em 1 a 1 com o Avaí, no Estádio da Ressacada. No ano, ele atuou em 27 partidas. O goleiro tem 530 jogos com a camisa do Palmeiras, sendo o sétimo atleta que mais defendeu as cores do clube.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasMarcos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.