Sergio Neves/AE
Sergio Neves/AE

Marcos volta a pedir paciência à torcida do Palmeiras

Time chegou a abrir dois gols de vantagem no segundo tempo, mas só empatou com o Botafogo

AE, Agência Estado

23 de julho de 2010 | 00h06

O empate em casa com o Botafogo por 2 a 2, após o Palmeiras chegar a abrir 2 a 0 no início do segundo tempo, em nada mudou o discurso no time paulista. O goleiro Marcos reforçou nesta quinta-feira que o time ainda está em formação. E garantiu que a torcida precisará de paciência.

Veja também:

link Palmeiras abre dois, mas cede empate por 2 a 2 com o Botafogo no Pacaembu

BRASILEIRÃO – tabela Classificação | lista Calendário / Resultados

BRASILEIRÃO 2010 – lista Mais notícias

"Com os resultados, começam a chegar as cobranças. Mas nós vamos continuar treinando forte, por isso pedimos paciência à torcida. Mas, claro, todos podem esperar que nós vamos trabalhar pesado", garantiu o goleiro, repetindo o discurso utilizado pelo elenco palmeirense no início da semana.

A reação do Botafogo, na opinião de Marcos, ainda deixou claro que não existe jogo fácil no Campeonato Brasileiro. "Não existe jogo fácil nessa competição. O Campeonato Brasileiro é muito equilibrado, disputado por várias equipes de nível parecido. Assim como todos os outros times que estão disputando o campeonato, o Palmeiras vai sofrer para ganhar", avaliou o goleiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.