Marília confia na "sorte" para subir

Faltando apenas duas rodadas para o término do quadrangular final do Campeonato Brasileiro da Série B, o Marília tenta esquecer as duas derrotas seguidas para o Palmeiras e ainda sonha com uma das duas vagas na primeira divisão. Para o técnico Luiz Carlos Ferreira, "há um equilíbrio entre os três clubes que sobraram (Marília, Sport e Botafogo)? e a vaga pode até ser decidida "num golpe de sorte".Com dois pontos, o Marília é o lanterna do quandragular, mas depende praticamente de suas forças para se classificar. Afinal, enfrenta os dois concorrentes diretos por uma vaga (Botafogo e Sport, que tem 5 e 4 pontos, respectivemente) - Palmeiras lidera com 10 pontos e precisa apenas de um empate para subir. Assim, com vitórias em Niterói (contra o Botafogo), no domingo, e em casa (contra o Sport), no dia 30, a equipe do interior paulista chegaria aos 8 pontos.Os jogadores do elenco voltaram a treinar nesta segunda-feira à tarde, realizando apenas treinos físicos. O técnico Luiz Carlos Ferreira não poderá contar com o goleiro Mauro, que recebeu o terceiro cartão amarelo. Por outro lado, terá à disposição o zagueiro Andrei e o volante Everaldo, que cumpriram suspensão. Há também a expectativa de que o volante Zé Luís seja liberado pelo departamento médico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.