Márcio Fernandes
Márcio Fernandes

Marília demite técnico e conselheiros exigem mudança no futebol

Diretoria demitiu Luis dos Reis depois de três derrotas, mas vive séria crise financeira

Estadão Conteúdo

09 de fevereiro de 2015 | 21h16

A falta de salários e as três derrotas consecutivas sofridos neste início de Campeonato Paulista empurraram o Marília para a crise. O técnico Luis dos Reis foi demitido pela empresa Sprimg Sport que, por sua vez, está sendo pressionada por conselheiros para se afastar do clube.

Para o jogo contra a Ponte Preta, quinta-feira, em Campinas, o técnico será Edson Pezinho, ex-jogador do Guarani e Corinthians e que vinha atuando como auxiliar técnico. Sua missão será motivar o grupo que acumulou três derrotas (contra Corinthians, Rio Claro e São Bento) e ocupa a lanterna do Grupo C.

Com dívidas com jogadores e fornecedores acumuladas desde o ano passado, quando o time subiu para a primeira divisão do futebol paulista, além de metade de receitas bloqueadas pela Justiça do Trabalho, o Marília parece sem saída. O Conselho Deliberativo não vê outra solução a não ser mudar, imediatamente, o comando do futebol, administrado por Sérgio Melle, dono da empresa Sprimg Sport.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolMaríliatécnicodemissão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.