Marília demite treinador na Série A-2

A diretoria do Marília resolveu dispensar o técnico Vanderlei Paiva, que domingo sofreu sua primeira derrota dentro do Campeonato Paulista da Série A-2, em casa, para o Rio Preto, por 1 a 0. O seu substituto deve ser definido nesta quarta-feira e entre os nomes mais cotados estão Paulo Comelli, atualmente no São Bento, e Roberval Davino, do CRB de Alagoas. A decisão foi tomada após uma reunião de uma hora que terminou por volta do meio-dia desta terça-feira. Depois de fazer altos investimentos no time, a diretoria esperava um futebol mais eficiente dentro de campo. "Nosso time sofreu muito para passar por adversários fracos", comentou o presidente José Roberto Mayo, que prefere apostar num técnico mais experiente para levar o time à elite paulista na próxima temporada. Apesar da derrota em casa, o MAC divide a liderança da Série A-2 com Rio Preto e Francana, todos com 15 pontos. A campanha realmente não é das melhores, com quatro vitórias, três empates e uma derrota. Além de ter no elenco vários jogadores jovens e de futuro promissor, o time conta com a experiência de jogadores conhecidos como os atacantes Palhinha, ex-São Paulo, e Edu Esideo, além do zagueiro Grotto, ex-Botafogo-RJ e do goleiro Marcelo Cruz, ex-Coritiba. No começo da semana, o técnico Souzinha trocou o Araçatuba pelo Bandeirante, enquanto José Galli Neto deixou o Flamengo para dirigir o Botafogo, de Ribeirão Preto, na Série A-1.

Agencia Estado,

12 Março 2002 | 14h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.