Marília e Botafogo empatam em Prudente

Marília e Botafogo abriram a segunda rodada do quadrangular decisivo do Campeonato Brasileiro da Série B, com um frustrante empate sem gols, no Estádio ?Farahzão?, em Presidente Prudente, nesta terça-feira à noite. Embora dividam a liderança com dois pontos, podem ser superados por Palmeiras ou Sport, que se enfrentam, nesta quarta-feira, no Palestra Itália. O resultado foi justo, agradando mais os visitantes. O primeiro tempo foi pobre em emoções. O Marília, de Luiz Carlos Ferreira, optou pelo esquema 4-4-2, o mesmo adotando por Levir Culpi, técnico do Botafogo. Esquemas iguais, ações também iguais, com o jogo sendo muito centralizado no meio-de-campo. O time carioca estava visivelmente preocupado em marcar, sem condições de aproveitar o contra-ataque. Os paulistas, apesar do domínio aparente, eram tímidos no ataque, o que arrancou de Ferreira, no intervalo, o comentário de que ?faltou ousar e acreditar mais?. As duas principais chances dos marilienses saíram com o zagueiro Andrei. A primeira, aos 34 minutos, numa cobrança de falta de longa distância que quicou, dificultando a defesa parcial do goleiro Max. Ninguém aproveitou o rebote. Um minuto depois, após cobrança de falta, Andrei subiu de cabeça, a bola tocou na trave e continuou dentro da pequena área. Na ânsia de aliviar, o zagueiro Edgar quase tocou contra suas redes, mas por sorte a bola bateu na trave e saiu. No segundo tempo, o Marília tentou ganhar força ofensiva com as entradas de Romualdo e Éder nos lugares, respectivamente, do apagado Jaílson e do pouco criativo Alexandre Salles. Só que o valente Botafogo manteve sua disposição defensiva, não dando chances ao adversário. Aos 20 minutos, Levir Culpi fez uma opção defensiva ao tirar o centroavante Leandrão para a entrada do volante Gedeil. O Marília ainda tentou, sem sucesso, diminuir os espaços, passando a lançar bolas altas na área após a entrada de Delani no lugar de Galego. Nada adiantou. Estava decretado o empate sem gols. No sábado, os dois times voltam a campo. O Marília vai reencontrar sua torcida no Estádio Bento de Abreu, diante do Palmeiras. O Botafogo, em Caio Martins, receberá o Sport.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.