Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Marília e Ponte só empatam: 0 a 0

Em jogo isolado e de poucas emoções na noite desta terça-feira, Marília e Ponte Preta protagonizaram o terceiro 0 a 0 do Campeonato Paulista, o primeiro dos dois times. O resultado acabou ajudando os dois times na tabela, ao menos antes do complemento da rodada, nesta quarta-feira. O Marília chegou aos 21 pontos, enquanto a Ponte Preta soma agora 17 pontos.Com uma proposta mais defensiva, por jogar fora de casa, e uma marcação impecável, a Ponte Preta acabou saindo mais satisfeita de campo, mesmo porque vinha de três vitórias. O Marília não perdeu, o que pode ser considerado bom para quem vinha de uma gole ada de 6 a 0 para o SãoPaulo. Esta 15ª rodada começa com média de gols muito abaixo da que a antecedeu, cuja média foram surpreendentes 4,1 gols por partida.O início do jogo não foi muito movimentado e, talvez sentindo a goleada por 6 a 0 sofrida para o São Paulo, na última rodada, o Marília deixou a Ponte Preta comandar as ações, principalmente no meio de campo. Assim, a melhor chance da primeira etapa foi criada aos nove minutos, depois que Harison cabeceou para o meio da área e Rissut completou para o gol. A bola só não entrou porque Marcelão salvou em cima da linha.Aos poucos o jogo foi equilibrando e os atacantes pouco encostavam na bola. A Ponte Preta marcava muito bem, com quase todos seus homens de linha. Hora Kahê, hora Roger permaneciam no comando de ataque. Sendo assim, o primeiro tempo só poderia mesmo term inar sem gols. "Temos que melhorar o último passe", explicava o técnico Vadão no intervalo.O Marília voltou com um atacante a mais, Juninho Cearense entrou no lugar do ala Fabinho, mas o panorama do jogo não se alterou de imediato. Com o tempo, o Marília precisou se soltar mais para buscar o gol e arriscou alguns tiros de longe, mas a marcação dos campineiros continuou muito forte e evitou o pior.Depois dos 30 minutos, o técnico Vadão mostrou conformismo com o empate e tirou o meia Danilo para colocar o marcador Carlinhos. O Marília tentou uma pressão final nos últimos minutos, mas sem sucesso. No final, o 0 a 0 foi justo.Os dois times voltam a campo no dia 26, sábado, às 16 horas. O Marília vai à Capital enfrentar o Palmeiras, enquanto a Ponte Preta receberá o Mogi Mirim, em Campinas, no estádio Moisés Lucarelli.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.