Marília ganha e Guarani fica na laterna

O técnico Luiz Carlos Ferreira não poderia ter tido uma estréia pior no Guarani. Jogando na tarde deste sábado, no Estádio Bento de Abreu Sampaio Vidal, o time de Campinas acabou conhecendo sua segunda derrota consecutiva. Desta vez para o Marília, por 2 a 0, com gols de Wellington Amorim e Ricardinho ainda no primeiro tempo.Com mais um resultado negativo (tinha perdido do Sport, por 1 a 0), o Guarani permaneceu na lanterna do Campeonato Brasileiro da Série B com apenas cinco pontos. O Marília somou seu décimo ponto e subiu para décima posição. Coube ao técnico estreante lamentar a arbitragem e elogiar a qualidade de seu time. "Infelizmente o juiz nos prejudicou em três lances capitais. Mas temos jogadores de qualidade e poderemos reverter esta situação complicada", concluiu Ferreira que substituiu José Carlos Serrão, demitido após a derrota de 1 a 0 para o Sport.O Marília começou o jogo num ritmo alucinante. Logo no primeiro minuto os donos da casa abriram o placar. O atacante Ricardinho fez boa jogada pelo lado direito e cruzou para o oportunista Wellington Amorim completar e fazer 1 a 0. O Guarani reagiu, criou boas chances, mas não marcou. O time da casa praticamente matou o jogo aos 46 minutos, quando Wellington Amorim se aproximou da entrada da área e tocou para Ricardinho. Ele dominou e chutou colocado no canto direito do goleiro Jean, fazendo 2 a 0.Na etapa complementar o Guarani bem que tentou exercer uma certa pressão. No entanto, o Marília bem postado na defesa, soube segurar a merecida vitória. O Guarani volta à campo na próxima terça-feira, quando enfrenta o Náutico, em Campinas (SP). O Marília enfrenta o Vila Nova, no próximo dia 12 de junho, domingo, em Goiânia (GO).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.