Marília muda para enfrentar Palmeiras

Apostando que a melhor defesa é o ataque, o técnico Paulo Comelli aposta na dupla de atacantes do Marília, Romualdo e Basílio, para vencer o Palmeiras, neste sábado, às 21h40, no estádio Bento de Abreu Sampaio Vidal. O jogo reúne os dois melhores paulistas na Série B do Brasileiro: os palmeirenses são líderes, com 37 pontos, enquanto a equipe do interior tem 31 e está em 4º lugar.O confronto com o Palmeiras está mexendo com a cidade de Marília. Todos os 12 mil ingressos colocados à venda já se esgotaram. "Todos sonham com a vinda do Palmeiras à cidade desde a divulgação da tabela", revelou Luis Antônio Duarte, diretor da American Sport, empresa que administra o clube há três anos.Quem também está ansioso para enfrentar o Palmeiras é Romualdo, que costuma marcar gols sempre que joga contra ele. Já Basílio conhece bem o clube do Palestra Itália, pois atuou lá em 2000 e 2001.?É sempre uma grande motivação enfrentar times grandes como o Palmeiras", disse Basílio. Mas o técnico Paulo Comelli alerta para o favoritismo do adversário. "Nós conversamos sobre isso com os jogadores. O Palmeiras tem tradição e um time forte, muito bem comandado pelo Jair Picerni. Mas nosso objetivo é superar tudo isso", disse o treinador do Marília.Para isso, Paulo Comelli decidiu mudar o esquema tático do time. Ele tirou o zagueiro Vladimir e colocou o meia Bechara, saindo do 3-5-2 para o tradicional 4-4-2. As outras mudanças acontecem no meio-de-campo, em que o volante Zé Luís e o meia Juca, ambos voltando de suspensão, jogarão nos lugares de Adilson e Éder, respectivamente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.