Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Marília passa fácil pelo Mogi Mirim: 3 a 0

O Marília se reabilitou da derrota para o Santos, por 3 a 1, ao vencer o Mogi Mirim por 3 a 0 na noite desta quarta-feira, em Jaú, e continua com chances de classificação no Grupo 2 do Campeonato Paulista. O MAC, que ainda reforma seu estádio, está com 13 pontos. Com apenas quatro pontos, o Mogi Mirim apenas luta para não cair para a Série A2, torcendo para que o Oeste não recupere os 12 pontos perdidos no Tribunal de Justiça da Federação Paulista.O Marília mostrou logo em seu primeiro lance que estava inspirado para o confronto. Andradina cobrou falta da esquerda e abriu o placar, com a colaboração do goleiro Edervan. A partir daí, com o gramado molhado, o que se viu foi uma série de escorregões dos dois lados. Nos instantes finais da primeira etapa, Sorato cruzou da esquerda, a bola passou por Edervan e a trave impediu mais um gol de Andradina. No contra-ataque, Gilson Batata cobrou falta e Marcelo Cruz precisou se esticar todo para defender.O Mogi Mirim voltou para o segundo tempo com mais iniciativa, mas sem eficiência, graças as defesas do goleiro Marcelo Cruz, do Marília. Para piorar, o MAC aproveitou a exposição da defesa do adversário e marcou o segundo. No contra-ataque, Éder aproveitou o cruzamento rasteiro vindo da direita e sozinho ampliou.O Mogi Mirim teve sua chance de diminuir aos 33 minutos, quando Carlos Alberto sofreu pênalti. Mas na cobrança Gilson Batata carimbou a trave. Para confirmar que a noite não era do Mogi Mirim, o Marília, sem querer, marcou o terceiro. O zagueiro Carlos Alberto foi dar um bico e a bola bateu em Wellington Amorim e entrou: 3 a 0.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.