Marília pode ficar sem o meia Éder

A diretoria do Marília achou que o elenco já estava fechado para a disputa do Campeonato Paulista. No entanto, na manhã desta quinta-feira, os dirigentes receberam uma notícia que poderá mudar os planos. O meia-atacante Éder, que estava emprestado junto ao Paraná e confirmado para defender o time no Paulistão, recebeu uma proposta do futebol árabe. Segundo informações, a proposta é tentadora e mexeu com o jogador. Como Éder tem contrato, a saída dele renderia algum dinheiro ao clube. Na próxima segunda-feira, alguns jogadores irão se apresentar como o meia Gabriel, ex-Ponte Preta, e o ala Bruninho, que em 2005 defendeu o Palmeiras e o Figueirense. O Marília estréia no Paulistão, no dia 11 de janeiro, contra a Ponte Preta, em Campinas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.