Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Marinho festeja 1º gol no Corinthians

Marinho marcou neste sábado o seu primeiro gol com a camisa do Corinthians. Ofereceu à família, em nome de Jesus. O zagueiro lembrou o drama do seqüestro de sua mãe, há um mês. ?Minha filha disse que eu marcaria um hoje, que Jesus estaria do meu lado. Este gol é para a minha família?, afirmou o zagueiro, que conquistou a posição de titular com a transferência de Anderson para o Benfica.Já o meia Carlos Alberto saiu vaiado mais uma vez. Para piorar, a exemplo do que havia acontecido no clássico com o Palmeiras, seu substituto entrou e fez gol. O técnico Márcio Bittencourt, porém, deu força a Carlos Alberto. Aplaudiu o jogador quando recebia as vaias da torcida. Carlos Alberto deve perder o lugar entre os titulares. Roger, que cumpriu suspensão ontem, volta ao time no jogo contra o Paysandu, quinta-feira, no Pacaembu. Volta Roger e Rosinei deve continuar. Carlos Alberto, em desgraça com a torcida, pode ficar no banco de reservas. ?Estou fazendo o meu trabalho para tentar convencer o professor (Márcio Bittencourt). Quero ser titular do Corinthians e estou me esforçando para isso?, disse Rosinei, que não repetiu a boa atuação do clássico, quando marcou dois gols. ?Não quero discutir a escalação. Quem escala é o Márcio. Quero mesmo é garantir meu espaço no time?, completou. O goleiro Fábio Costa negou ter falhado no primeiro gol. ?Foi mérito do Beto, que pegou bem de longe?, disse.O Paraná, que encerrou seqüência de três vitórias seguidas, visita o São Caetano na quarta. ?Nós nos fechamos demais e eles conseguiram empatar em uma bola parada. Não podíamos ter recuado tanto?, disse o volante Beto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.