Ivan Storti/ Santos FC
Ivan Storti/ Santos FC

Marinho festeja a vitória do Santos apesar dos 15 jogos sem marcar gol

Triunfo na Vila Belmiro deixa equipe alvinegra na 16ª posição do Campeonato Brasileiro

Redação, Estadão Conteúdo

27 de outubro de 2021 | 22h14

O jejum de gols aumentou para 15 jogos, mas a marca negativa não tirou o entusiasmo de Marinho para festejar a vitória do Santos sobre o Fluminense, por 2 a 0, que tirou a equipe de Vila Belmiro da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

"Às vezes a gente tenta assimilar. Sou um cara que me cobro muito. Não venho bem. Estou há vários jogos sem marcar. Posso ficar até o fim do ano, desde que a equipe vença", disse o atacante, ainda no gramado.

A presença de oito mil torcedores na Vila Belmiro, que ajudou a empurrar o time santista durante os 90 minutos impressionaram o atleta. "Nosso torcedor veio e nos apoiou até o fim. Temos que agradecer."

Marinho aproveitou para fazer uma análise do momento pelo qual passa a equipe do técnico Fábio Carille. "O time de 2020 não existe mais. Muita gente falou que o futebol do Marinho acabou, mas foi junto com o time de 2020. Venho trabalhando, me dedicando. Às vezes na técnica não vai, mas vai na raça, na vontade."

Na 16ª colocação no Brasileirão, o Santos volta a se apresentar no sábado, às 17 horas, em Curitiba, na Arena da Baixada, diante do Atlhetico-PR, pela 29ª rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.