Ivan Storti/Santos
Ivan Storti/Santos

Marinho tem fratura no pé esquerdo e vai desfalcar o Santos de 4 a 6 semanas

Atacante se contundiu durante o duelo com o Red Bull Bragantino, que terminou empatado sem gols

Redação, Estadão Conteúdo

26 de janeiro de 2020 | 14h08

Após passar por exames médicos nesta semana, o atacante Marinho teve constatada uma fratura no pé esquerdo. Segundo previsão do departamento médico do Santos,  elevai desfalcar a equipe paulista de quatro a seis semanas. O jogador se contundiu durante o duelo com o Red Bull Bragantino, que terminou empatado sem gols, na Vila Belmiro, na última quinta-feira, na estreia do Santos no Campeonato Paulista.

Dessa forma, Marinho está fora da partida desta segunda-feira, contra o Guarani, no Brinco de Ouro, em Campinas, às 20 horas, pela segunda rodada do torneio estadual. Sem um dos principais jogadores do elenco, o técnico português Jesualdo Ferreira tem como alternativa para a ausência de Marinho a escalação de Derlis González, Arthur Gomes e Tailson. Ele também pode utilizar Kaio Jorge ou Raniel no comando de ataque.

A tendência é de que o paraguaio fique com a vaga no time titular. O outro desfalque da equipe praiana é o venezuelano Soteldo, que está na Colômbia disputando o pré-olímpico com a seleção sub-23 de seu país.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.