Ivan Storti/Santos
Ivan Storti/Santos

Marinho volta diante do Coritiba e Santos quer acabar com série de tropeços

Equipe do técnico Cuca somou apenas dois pontos nos últimos cinco jogos no Brasileirão

Redação, O Estado de S.Paulo

13 de fevereiro de 2021 | 05h00

Com apenas dois pontos somados nos últimos cinco jogos no Brasileirão, o Santos despencou na luta pela vaga na próxima edição da Libertadores, caindo para o 11° lugar. Beneficiado pelos tropeços dos concorrentes diretos na rodada passada e com o importante retorno de Marinho, acabar com o jejum de vitórias, neste sábado, contra o Coritiba, às 19 horas, na Vila Belmiro, significa aos santistas entrarem novamente na zona de classificação à competição intercontinental.

Com os empates de Corinthians, Red Bull Bragantino e Athletico-PR, o Santos ultrapassará os três, mesmo que provisoriamente, se ganhar na Vila Belmiro, já que os concorrentes jogam domingo ou na segunda-feira. É ganhar e depois secar.

"Precisamos dessa vitória para seguir inteiros na luta pela vaga na Libertadores", não esconde o atacante Lucas Braga, que revelou torcida contra os rivais e agora acredita no final de jejum. Depois de atuar com alguns desfalques - Soteldo e Marinho não enfrentaram o Atlético-GO, por exemplo - Cuca contará com força máxima.

A ordem é sufocar o Coritiba desde o início e evitar nova zebra. O Santos vem de derrotas para Fortaleza, Goiás e Atlético-MG, além de empates diante do Grêmio e Atlético-GO. No meio, ainda há a derrota na final da Libertadores contra o Palmeiras.

Com todos à disposição de Cuca e somente a vaga na Libertadores como opção, a confiança é em "desencanto" na Vila. Tudo para o time chegar forte no clássico adiado contra o Corinthians, dia 17, que pode ser decisivo na briga pela classificação à Libertadores.

Luan Peres foi contratado em definitivo, registrado na CBF, e agora forma dupla defensiva com Laércio. Pará comemora 250 jogos pelo clube neste sábado. Mas a expectativa é pelo bom desempenho do quarteto ofensivo.

Marinho tenta recuperar a artilharia perdida para Claudinho, do Bragantino. Está um gol atrás (17 a 16), Lucas Braga quer se firmar de vez após não jogar a decisão da América, Kaio Jorge está perto de assinar novo contrato e Soteldo tenta apagar a partida abaixo do esperado na rodada passada.

Os últimos quatro jogos do Santos no Brasileirão definirão seu futuro para a temporada e também serão os últimos de Cuca, que depois de falhar na final contra o Palmeiras, tem como meta se despedir com a equipe novamente disputando a Libertadores.

FICHA TÉCNICA

SANTOS X CORITIBA

SANTOS - John Victor; Pará, Laércio, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Sandry e Soteldo; Lucas Braga, Marinho e Kaio Jorge. Técnico: Cuca.

CORITIBA - Alex Muralha; Natanael, Nathan Ribeiro, Henrique Vermudt e Mattheus; Nathan Silva, Hugo Moura e Matheus Galdezani; Luiz Henrique, Yan Sasse e Ricardo Oliveira. Técnico: Gustavo Morínigo.

ÁRBITRO -  Bruno Arleu de Araújo (RJ). 

HORÁRIO - 19 horas.

LOCAL - Vila Belmiro.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.