Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Mário Gobbi admite dificuldade do Corinthians para contratar reforços

Presidente afirma que o mercado dos jogadores está 'difícil'

Agência Estado

20 de março de 2014 | 19h29

SÃO PAULO - O presidente do Corinthians, Mário Gobbi, confirmou a busca por reforços para a disputa do Campeonato Brasileiro, mas confessou que o mercado está difícil para contratações. No desembarque do time em São Paulo, Gobbi citou os casos de Elias, do Sporting, e de André, do Atlético Mineiro.

"Faríamos gosto para que o Elias voltasse, mas tem de falar com o Sporting, ele tem um preço. O André não dá para comprar, é muito caro, mas se houver uma troca como aconteceu com Pato e Jadson", disse o presidente no final da tarde desta quinta-feira. "O mercado mudou, as finanças mudaram, o time não se classificou e perdemos receitas. Por isso tivemos de fazer uma adaptação com o mercado atual", completou.

Gobbi viajou com a delegação para Feira de Santana, onde o time venceu o Bahia de Feira por 2 a 0 na noite de quarta-feira. Após a eliminação no Paulistão, o presidente passou a acumular o departamento de futebol, na ausência do diretor Ronaldo Ximenes, que se afastou por motivos de saúde.

TIME TITULAR

O Corinthians desembarcou em São Paulo nesta quinta-feira e nesta sexta volta a treinar no CT. No domingo, o time encerra a participação no Paulistão contra Atlético o Sorocaba. Apesar de o time estar eliminado, Mano Menezes disse que vai escalar a equipe titular. A única mudança deve ser a entrada de Felipe na zaga no lugar de Cleber, expulso contra o Penapolense.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.