Filipe Araujo/AE
Filipe Araujo/AE

Mário Gobbi mostra confiança na eleição presidencial do Corinthians

Candidato da situação é favorito e pesquisa indica que ele teria cerca de 60% dos votos

Vitor Marques, Agência Estado

11 de fevereiro de 2012 | 15h59

SÃO PAULO - Candidato da situação e favorito à vitória, Mário Gobbi mostrou bastante confiança no resultado da eleição presidencial do Corinthians, que acontece neste sábado, no ginásio do Parque São Jorge. Apoiado por Andrés Sanchez, ele disputa o cargo contra o oposicionista Paulo Garcia.

"Estou muito confiante, mas vamos esperar o resultado das urnas", disse Mário Gobbi, que foi diretor de futebol durante parte da gestão de Andrés Sanchez como presidente do Corinthians. Segundo pesquisas internas da situação, ele teria cerca de 60% dos votos no pleito contra Paulo Garcia.

A principal plataforma de Gobbi é a continuidade do trabalho feito pela gestão anterior, da qual ele fez parte. "O Andrés assumiu um clube que estava sofrendo uma hemorragia. E o próximo presidente certamente terá um clube com muito mais estrutura e organização", avaliou.

Assim como seu rival Paulo Garcia, Gobbi está fazendo campanha no Parque São Jorge durante a votação, que começou às 9 horas e vai até as 17 horas. Apesar da eleição, o clima é de calmaria no clube, com muita propaganda dos dois candidatos para tentar convencer os sócios na hora do voto.

O anúncio do novo presidente do Corinthians deve acontecer ainda neste sábado, já que a previsão é que o resultado da eleição seja divulgado cerca de duas horas após o fechamento das urnas.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansMário Gobbi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.