Mário Sérgio desiste de assumir o Fortaleza

Por pouco mais de uma hora, Mário Sérgio foi o técnico do Fortaleza, time que está ameaçado pelo rebaixamento na Série B do Brasileiro. Ele chegou a acertar as bases de contrato na noite de quarta-feira, mas logo depois o negócio fracassou.

AE, Agencia Estado

20 de agosto de 2009 | 13h06

O acerto chegou a ser anunciado pelo procurador de Mário Sérgio, Bruno Paiva, e o treinador até deu declarações otimistas com o novo emprego. Depois, o acordo foi desfeito e o Fortaleza continua sem um substituto para o demitido técnico Giba.

Antes de Mário Sérgio, Givanildo Oliveira já havia descartado assumir o Fortaleza, que está na zona do rebaixamento da Série B: ocupa a 17ª colocação, com apenas 19 pontos. O próximo jogo do time será no sábado, quando receber o Paraná.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFortalezaMário Sérgio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.