Mário Sérgio estréia e Atlético-PR vence

O técnico Mário Sérgio estreou com vitória no comando do Atlético-PR. Com um futebol convincente apenas no segundo tempo, o time fez 1 a 0 em cima do Paraná, encerrando um jejum de quatro jogos sem vencer. E, com 29 pontos, passa a ocupar uma posição intermediária na tabela de classificação do Brasileiro. O Paraná não repetiu as últimas quatro apresentações, quando conquistou três vitórias e um empate, e mantém os 35 pontos. O cineasta Francis Ford Coppola, que está visitando Curitiba, ocupou um camarote no estádio e assistiu, pelo menos, a um bom segundo tempo do clássico paranaense.Apesar de ser o dono da casa, Atlético demonstrou maior nervosismo no início do jogo, refletido na intranqüilidade da defesa e numa atuação fraca no meio-de-campo, que tornava inoperante o ataque.Mas o Paraná não se aproveitou da facilidade que o adversário deu, preferindo aguardar o Atlético para tentar contra-ataques, que também eram ineficientes.Apesar da disposição dos jogadores dos dois times para dar movimentação ao jogo, as deficiências técnicas eram evidentes. O resultado era uma partida truncada, com faltas multiplicando-se a cada minuto. O estreante técnico do Atlético acordou antes para a partida, orientando Rodrigo, que estava improvisado na lateral-direita, para fechar pelo meio, onde tem mais intimidade. Com isso, Adriano e Alex Mineiro cresceram na partida e passaram a comandar o jogo no segundo tempo. A pressão atleticana foi inevitável.O Paraná tentou evitar a pressão adversária, mas não evitou o gol do Atlético. Aos 32 minutos, Rogério Corrêa aproveitou o cruzamento para cabecear - o goleiro Flávio não conseguiu segurar - e fazer o único gol do clássico.

Agencia Estado,

06 de agosto de 2003 | 23h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.