Mário Sérgio não fará mudanças radicais na Portuguesa

'A Portuguesa tem um time que me agrada bastante', afirma o treinador, que substitui Estevam Soares

AE, Agência Estado

23 de janeiro de 2009 | 19h01

SÃO PAULO - Após a surpreendente saída de Estevam Soares, no final da noite de quinta-feira, a Portuguesa apresentou, nesta sexta, seu novo técnico. Mário Sérgio chegou ao clube e já deu início aos trabalhos visando o duelo contra o São Paulo, domingo, às 17 horas, no Canindé.   Veja também:Especial: as armas dos times para o Paulistão 2009 Paulistão 2009 - Classificação Paulistão 2009 - Calendário/ResultadosConfira as novidades do mercado do futebol Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão"A Portuguesa tem um time que me agrada bastante e, pelo que percebi, aqui trabalharei com pessoas corretas e honestas", comentou Mário Sérgio. Ele trouxe os auxiliares técnicos Fernando Alcântara e Fernando Paiva, além do preparador físico Flávio Trevisam, ex-Corinthians.Apesar do pouco tempo que terá para conhecer o elenco da Portuguesa, o treinador ficará no banco já contra o São Paulo, mas não pretende fazer mudanças na equipe que perdeu para o Guarani na estreia, por 1 a 0. "Até porque não seria muito inteligente da minha parte fazer mudanças radicais", argumentou.Em relação à saída de Estevam Soares, o presidente da Portuguesa, Manuel da Lupa, revelou o desgaste que o ex-técnico vinha sofrendo foi o grande responsável. "Ele já havia pedido para sair, após o rebaixamento no Brasileiro, mas conseguimos convencê-lo a ficar", declarou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.