Reprodução
Reprodução

Mário Sérgio terá velório reservado em São Paulo

Ex-jogador e comentarista será velado em Itapecerica da Serra neste sábado

O Estado de S.Paulo

03 de dezembro de 2016 | 06h00

O corpo do ex-jogador Mário Sérgio será cremado neste sábado, em Itapecerica da Serra, em São Paulo. A família do profissional que atuava como comentarista da Fox Sports optou por um velório fechado, sem presença de equipes de reportagem no local – repórteres, fotógrafos e cinegrafistas estão proibidos.

O narrador Deva Pascovicci e o coordenador de externa Lilácio Pereira Júnior, também da Fox Sports, terão uma cerimônia no Funeral Home, na capital paulista. Deva será enterrado em São José do Rio Preto, enquanto Lilácio em Mirassol, ambos no interior de São Paulo.

Flamenguista, o repórter da Fox Sports, Victorino Chermont, será velado na sede do clube, na Gávea, enquanto o comentarista Paulo Júlio Clement, torcedor do Fluminense, nas Laranjeiras. Os dois serão enterrados no cemitério São João Batista, em Botafogo.

O sexto profissional da Fox Sports que morreu no acidente na Colômbia, o cinegrafista Rodrigo Santana, terá cerimônia fechada para os familiares, no Cemitério da Saudade, em Paciência, no Rio de Janeiro.

A sede do Botafogo receberá os corpos do produtor Guilherme Van Der Laars, do repórter Guilherme Marques e do cinegrafista Ari Júnior, todos profissionais das Organizações Globo, para uma última homenagem. O primeiro será enterrado em cemitério na zona sul, enquanto o segundo cremado. Já o corpo do terceiro seguirá para Goiânia, cidade onde nasceu, para ser enterrado.

A RBS, em Santa Catarina (Grupo NC) e no Rio Grande do Sul (Grupo RBS), informou que os corpos de André Luiz Goulart Podiacki, Bruno Mauri da Silva, Djalma Araujo Neto, Giovane Klein Victória e Laion Machado de Espíndula, vítimas do acidente, assim que chegarem hoje, em Florianópolis, serão encaminhadas para a Catedral Metropolitana, no centro da capital catarinense, onde está prevista uma homenagem coletiva aberta ao público, com missa celebrada por Dom Wilson Tadeu Jonck, Arcebispo da Arquidiocese de Florianópolis.

Após a cerimônia, os corpos seguirão para os locais escolhidos pelos familiares para realização do velório e enterro, alguns em Florianópolis e outros em cidades como Palhoça, na Grande Florianópolis, e Pelotas e São José, no Rio Grande do Sul.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

  • Raí valoriza montagem do elenco do São Paulo para o Brasileirão
  • Em crise, Figueirense se movimenta para evitar novo W.O.
  • Corinthians, Palmeiras e São Paulo tem as melhores defesas do Campeonato Brasileiro
  • Podcast: personalidades do esporte analisam a situação do futebol no Brasil
  • Bruno Henrique vibra com gols no Maracanã: 'Semana mais feliz da minha vida'

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.