Mário Sérgio vai dirigir o Atlético-PR

Mário Sérgio está de volta ao Atlético Paranaense. Responsável pela montagem do time e início dos trabalhos na campanha vitoriosa de 2001, o técnico chega agora para tentar tirar o time das últimas colocações no Campeonato Brasileiro. Ele entra no lugar de Osvaldo Alvarez, o Vadão, que foi demitido após a derrota por 2 a 1 para o Vasco da Gama, domingo, no Rio de Janeiro. "Mais importante que formar uma boa equipe é formar uma equipe com jogadores que queiram mudar a situação", disse Mário Sérgio. O novo treinador traz os mesmos auxiliares que o acompanhavam quando estava no São Caetano: o auxiliar Eudes Pedro, o preparador físico Flávio Oliveira e o treinador de goleiros Francisco Servosi. "Trouxe a comissão porque não há como perder mais tempo", justificou. Mário Sérgio deve estar no comando do Atlético no clássico regional de quarta-feira, contra o Paraná Clube, na Arena da Baixada. Vadão assumiu o time na última rodada do primeiro turno do Campeonato Estadual, mas não conseguiu levar à disputa do título, vencido pelo Coritiba. No Brasileiro, sai em meio a uma campanha decepcionante. Nas 23 partidas disputadas foram 11 derrotas, cinco empates e apenas sete vitórias. As maiores dificuldades foram registradas fora de casa, onde disputou 36 pontos e conseguiu apenas três, fruto de empates.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.