Mário usa psicologia no América

O técnico do América, Mário Marques, adotou a psicologia para tirar o "peso" da responsabilidade dos jogadores. O treinador explicou que o fato de a equipe voltar a disputar uma competição de "grande porte" está deixando os jogadores ansiosos e nervosos. "Quero que eles atuem pensando somente em futebol. Estou conversando com todos e tentando orientá-los para que esqueçam o fator extra-campo", afirmou Marques. O treinador disse estar satisfeito com o crescimento do América, mas pediu a contratação de um lateral-direito e um atacante para reforçar a equipe.

Agencia Estado,

15 de janeiro de 2002 | 20h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.