Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Marketing do Corinthians revela arrecadação de R$ 100 milhões com patrocínios

Só com a Neo Química, que batiza o estádio em Itaquera, o clube vai receber R$ 17 milhões por ano

Redação, Estadão Conteúdo

26 de janeiro de 2021 | 14h02

O presidente Duílio Monteiro Alves revelou nesta terça-feira que o Corinthians vai ganhar R$ 100 milhões com arrecadação de patrocínio. Segundo o dirigente, o clube aumentou a receita desse segmento em R$ 20 milhões com anúncios e acordos comerciais em relação à temporada 2020.

"A camisa do Corinthians passará seguramente dos R$ 100 milhões por ano. Não divulgamos alguns números por questões de confidencialidade, traria problemas aos parceiros, mas passa disso", disse Duílio em entrevista coletiva. Apesar de Duílio ter citado apenas o uniforme, o clube informou mais tarde que o valor é referente a todas as formas de patrocínio e acordos comerciais.

O fato de o Corinthians estar em 10º lugar no Campeonato Brasileiro e correr riscos de ficar fora mais um ano da disputa da Copa Libertadores, não preocupa o superintendente de marketing, José Colagrossi Neto, do clube. "Temos mudanças de parcerias com oito empresas, são oito parceiros ao todo. A negociação existe com mais alguns. Fechamos uma parceria com uma empresa de telefonia que trará receita importante. Em mais uma semana talvez a gente anuncie, mas já está fechado. E se contar as transações que estão em curso, temos uma dezena de conversas", revelou o dirigente. "Todas as negociações foram intensas, com momentos melhores e piores, mas em nenhuma vez a performance do clube em campo foi discutida. Acima de tudo, somos o Corinthians, o maior das Américas, com 30 milhões de apaixonados. O acordo vai muito além da performance. Nunca houve essa preocupação. Existe confiança na gestão do clube."

O presidente Duílio preferiu ressaltar as vitórias fora de campo. "Conseguimos na nossa meta de um ano atingir R$ 30 milhões de dinheiro novo nos primeiros 21 dias de mandato. Isso sem esquecer o momento que o País e o mundo vivem, com a segunda onda da covid-19, mas atingimos o objetivo."

Os dirigentes também anunciaram que o Corinthians vai receber R$ 17 milhões fixos por ano da Neo Química pelo patrocínio master. A empresa, que em 2020 adquiriu os naming rights da Arena, fechou contrato até dezembro de 2025. Esse dinheiro era esperado. Ele foi ventilado na assinatura do batismo do estádio em Itaquera. A renovação dos patrocínios com a Midea e o Guaraná Poty também foram revelados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.