Marques volta ao Atlético-MG em junho

O Atlético-MG anunciou hoje o retorno ao clube do atacante Marques, ex-ídolo da torcida alvinegra entre 1997 e 2002. O jogador, que atualmente defende o Nagoya Grampus (JAP), porém, só poderá se apresentar no meio do ano, pois seu compromisso com o clube japonês vai até 31 de maio. O acerto foi possível graças a um acordo envolvendo a dívida trabalhista do clube com o atleta e o condomínio de credores criado pelo Atlético com a finalidade de quitar os débitos relativos a pendências judiciais. "Ele nos deu 60% de desconto na dívida, com isso o contratamos por um período de 29 meses. Os outros 40% entrarão no condomínio", disse o vice-presidente Jurídico, José Murilo Procópio. "Conversamos com o Marques pelo telefone, ele está muito entusiasmado e disse que seu pensamento é encerrar a carreira no Atlético". O Atlético reconhecia uma dívida trabalhista de cerca de R$ 2,3 milhões com o jogador, mas os dirigentes vincularam sua volta ao clube à retirada da ação na Justiça, onde o valor da dívida havia praticamente dobrado. O clube não confirma as bases financeiras do contrato firmado até o final de 2007 e assinado pelo procurador do atacante, Aurélio Dias. "O Marques abriu mão de muita coisa para voltar e fará parte do condomínio de credores do Atlético. Ele é radicado em Belo Horizonte, e o clube que o consagrou foi justamente do Atlético", comentou Dias. O jogador, de 32 anos, deve se apresentar no dia 1º de junho. Em mais de cinco anos atuando com a camisa alvinegra, Marques fez 298 partidas e marcou 115 gols, sempre como titular. Ele participou das conquistas da Copa Conmebol de 1997 e do Campeonato Mineiro, de 1999 e 2000. Edson Pelé - A diretoria do Atlético confirmou hoje também a contratação por empréstimo, até 31 de dezembro, do atacante Edson Araújo, também conhecido como Edson Pelé. O jogador, de 24 anos, que já atuou pela Portuguesa e Corinthians, defendeu na última temporada o Fortaleza. O clube mineiro adquiriu 50% dos seus direitos econômicos, com a opção de renovação por mais um ano. Apresentado hoje mesmo no CT de Vespasiano, Edson Pelé - que prefere não ser chamado assim - torna-se mais uma alternativa de ataque para o técnico Procópio Cardoso. Sua contratação foi agilizada depois que o paraguaio Pablo Gimenez fraturou no pé esquerdo no jogo contra o Mamoré, pela última rodada do Campeonato Mineiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.