Werther Santana/AE
Werther Santana/AE

Marquinhos comemora reencontro com Dorival no Santos

Meia diz que optou pela equipe do Santos justamente por já ter trabalhado com o técnico no Avaí

AE, Agencia Estado

06 de janeiro de 2010 | 13h15

O meia Marquinhos, apresentado oficialmente nesta quarta-feira, admitiu que a chance de trabalhar novamente o técnico Dorival Júnior pesou para que ele acertasse a sua transferência para o Santos. "Trabalhamos um tempo juntos no Avaí, já o conheço. Pela confiança dele, optei por trabalhar aqui", afirmou.

Com passagens apagadas por São Paulo e Flamengo, Marquinhos promete ter mais sucesso no terceiro clube grande da sua carreira. "É um prazer vestir a camisa de um time grande como Santos, que luta por títulos. As cobranças são normais, tenho 28 anos e estou preparado. O contrato nos dá tempo para conhecer o clube e fazer história", disse o meia, que firmou acordo até o final de 2012.

Marquinhos garante que não teme a concorrência por uma vaga no meio-de-campo do Santos. No novo clube, ele vai disputar posição com jogadores como Madson e Paulo Henrique Ganso. "Vai ser bom, quem ganha com isso é o clube, tenho respeito, mas venho com o objetivo de jogar", disse o reforço santista.

O reforço santista comemorou a chance de jogar ao lado do veterano Geovanni. "É um privilegio. Ele é uma pessoa vitoriosa, com passagem pela seleção e eu tenho que desfrutar esse momento", comentou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCMarquinhos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.