Agência Corinthians
Agência Corinthians

Marquinhos Gabriel desabafa no Corinthians: 'Se eu achar que não vou me recuperar, vou embora'

Meia perdeu pênalti contra o Internacional e tenta reconquistar seu espaço na equipe

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

20 de abril de 2017 | 07h00

O meia Marquinhos Gabriel foi um dos jogadores mais criticados após a eliminação do Corinthians na Copa do Brasil. O jogador, que tem sido pouco aproveitado, entrou no decorrer do segundo tempo e perdeu pênalti na decisão diante do Inter – Maycon e Guilherme Arana perderam as outras cobranças. No final da partida, o jogador corintiano desabafou e negou que ficará marcado pela partida dessa quarta-feira.

“Não temo ficar marcado pelo pênalti perdido. Não temo nada”, disse o meia, após a partida realizada na Arena Corinthians. O técnico Fábio Carille já disse algumas vezes que pretende recuperar o jogador e Marquinhos disse que conseguirá obter novamente seu espaço na equipe.

“Se eu achar que não vou me recuperar aqui, pego minhas coisas e vou embora”, disparou o jogador, que assim como os demais atletas corintianos, destacou a boa atuação do time, apesar da eliminação. “Perdemos um pouco o meio de campo durante a partida, mas quero ressaltar que a equipe faz um belíssimo trabalho. Não está tudo errado”.

Carille, durante entrevista coletiva, garantiu que pretende continuar contando com o meia para a sequência da temporada. “Ele perdeu pênalti, mas foi positivo nos minutos em que esteve em campo. Finalizou uma bola e mostrou potencial no um contra um, de armador e de finalizador. O pênalti é um detalhe em que infelizmente faz com que um tenha que ficar fora e nessa noite foi a gente”, comentou o comandante corintiano.

Marquinhos Gabriel chegou a ter seu nome comentado em uma lista de jogadores que poderiam deixar o clube, mas ele recebeu apenas algumas sondagens. No início do ano, o Santos demonstrou interesse, mas o Corinthians não quis negociá-lo.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.